RSS Feeds

1973 - O crime que chocou Brasília

Jornal do Brasil: Quinta-feira, 13 de setembro de 1973
Ana Lídia Braga, sete anos, foi raptada na porta do Colégio Madre Carmem Sales, na Avenida L-2 Norte, onde pouco antes fora deixada pelos pais, funcionários públicos.

Segundo o jardineiro do colégio um jovem alto, magro e louro foi visto sentado, durante longo tempo, num meio-fio perto da entrada do Colégio. Trajava calça vermelha e fora visto sair de um carro vermelho.
foto divulgação


O corpo da menina Ana Lídia Braga foi encontrado enterrado no terreno da Universidade de Brasília. Estava nu e com os cabelos tosados, queimaduras de cigarro nas nádegas e estava enterrado numa pequena vala. As escoriações e manchas roxas indicavam que ela havia sido arrastada pelo cascalho.

A perícia apontou a causa da morte como sendo asfixia, e o cadáver tinha sinais de estupro.

Um fuzileiro naval, cujo quartel localiza-se nas proximidades, foi quem encontrou o corpo, após seguir alguns lápis de cor e uma boneca Susi no asfalto.

O pai de Ana Lídia, transtornado e em estado de choque, foi afastado do local. O crime tornou-se o assunto mais comentado em Brasília. A população ficou amedrontada, e muitas famílias não deixaram seus filhos ir à escola. Mesmo policiais experimentados mostravam-se estarrecidos diante da barbárie do crime. Os suspeitos foram o irmão da menina e alguns filhos de políticos e de membros importantes da sociedade brasiliense. Os culpados nunca foram identificados, e o caso de Ana Lídia se tornou um símbolo da impunidade em Brasília. Ana Lídia virou nome de um parque em Brasília e seu túmulo é um dos mais visitados na cidade. Há quem acredite que a menina martirizada faz milagres.

Confira também:

11/09: 1973 - Golpe derruba governo chileno. Allende suicida-se



Amanha: Em 1977 - Apartheid aniquila Biko



)

« anterior próximo »

Comentários


Comentários

paraiso enviou em 16/01/2010 as 18:59:

isso é um crime que ficou impune mas esses assassinos não tevem pena dessa pobre criança isso é ridiculo que essa barbaridade faça com que o governo faça seu papel coloquem os criminosos assassinos nas grades é assim que deve ser;.

anagmail.com.br enviou em 15/07/2010 as 21:21:

Infezlimente, esse foi apensas um dos crimes bárbaros dentre os milhares cometidos até hoje, sem punição alguma. Esses assassinos merecem, sem dúvida , pena de morte lenta e cruel.

Maria enviou em 31/08/2010 as 16:58:

Isso é realmente triste, como pode existir seres assim, não dá nem p chamar de gente,ela era apenas uma criança..... Impunidade até quando vamos conviver com essa vergonha!!!!! Pessoal é ano de eleição, cuidado em quem vão votar conheçam seus candidatos , não deem seu voto a mercenarios cretinos!

Ana Lídia dos Reis Miranda enviou em 13/05/2011 as 17:24:

Hoje tenho 31 anos e tive meu nome em homenagem a Ana Lídia, ouvi vários comentários a respeito deste assasinato, mas fico profundamente triste por este crime não ter tido nem se quer uma resposta à população brasilience, nem aumenos um julgamento que punisse os que agiram com tanta frieza e crueldade. Impunidade neste Brasil, virou uma rotina cotidiana, infelismente se vê aos tantos e todos os dias.

Ana Lídia dos Reis Miranda enviou em 13/05/2011 as 17:27:

Espero que um dia nada neste mundo fique impune, sem serquer uma punição justa.

joão carlos marcelo enviou em 31/08/2011 as 23:41:

que seu algozes ou algoz não tenha o previlégio da misericordia divina, que sofram as mais severas barbaries no inferno....É pena mais essa mancha na história de nosso país... saudades, que Deus e os anjos de iluminem.

Charles Bronsom enviou em 06/09/2011 as 16:52:

Independente da prescrição do crime... a justiça tinha que ser feita hoje! Os culpados diretos e indiretos teriam que ser sumariamente executados ... de preferência enforcados e seus corpos jogados aos cães! Se tivessemos homens de verdade naquela época e seu eu fosse adulto ( tinha a mesma idade da Ana Lídia ) eu seria o primeiro a puxar a corda.

monique fernandes enviou em 17/09/2011 as 13:03:

não tenho nem palavras para descrever o que sinto ja tinha visto o caso ana lidia no linha direta mas agora pesquisando a fundo estou chocada com tanta impunidade e desrespeito com ana lidia e tendo como suspeito o seu proprio irmão o outros do poder, tendo isso como exemplo tenho vergonha de morar no país chamado brazil.

eliza lynch enviou em 06/10/2011 as 12:36:

Quando houve este crime, meus pais, na epoca, nao deixavam as filhas seguirem sozinhas atw a escola. Tenho 47 anos. Eu tinha oito anos quando Ana Lidia foi assassinada. Estudei em colegio de religiosas.Fico me perguntando como seria a vida de Ana Lidia Braga se estivesse viva... Meus irmaos ficam estarrecidos com as atitudes do proprio irmao dela, que ficou impune e foi julgado inocente e mais os outros suspeitos do crime na epoca.

eliza lynch enviou em 06/10/2011 as 12:41:

Gostaria que Ana Lidia estivesse viva. Eu penso hoje, estou aqui com meus filhos...

roberto enviou em 11/10/2011 as 23:25:

Por causa desse caso e de tantos outros sem punição...TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRO.

Daniley enviou em 12/04/2012 as 11:39:

LAMENTO...LAMENTO...profundamente. Que vergonha! Cresci ouvindo este caso e confesso que não tenho esperanças para este país da IMPUNIDADE, chamado Brasil.

Bruna Oliveira enviou em 23/02/2013 as 14:22:

Nem era nascida nesse tempo, mas lendo esse artigo posso ter absoluta certeza de que esse crime foi um dos piores que Brasília já viu! Luto eterno por essa menina tão linda e que tinha um grande futuro pela frente...Lamentável!

claudio neves enviou em 06/05/2013 as 20:17:

onde nos vamos parar com esses tipos de crimes que aconteceram com as crianças brasileiras no seculo20.em uma epoca que eu não era nascido.vamos proteger nossos filhos e crianças de crimes barbaros com este.acorda Brasil.

andrea enviou em 04/11/2013 as 13:04:

Me deu naúseas, saber que ninguém até hoje pagou por esse brutal assassinato.


Comentar

:

:
:



Hoje na História - Siga no Twitter!