RSS Feeds

25 de julho de 1977: O Caso Cláudia Lessin Rodrigues

A morte de Claudia Lessin. Jornal do Brasil: Terça-feira, 26 de julho de 1977

Atirado ao mar da Avenida Niemeyer, com mais de 20 quilos de pedra amarrados a seu pescoço por um arame, o corpo nu de Cláudia Lessin Rodrigues, 21 anos, foi encontrado na manhã de uma segunda-feira entre as rochas do despenhadeiro. Trinta metros acima, na plataforma do Chapéu dos pescadores, havia manchas de sangue, mas a polícia concluiria posteriormente que o crime não fora praticado no local.

As circunstâncias de sua morte deixou o país inteiro estarrecido.

Outras efemérides de 25 de julho
1966: Bomba explode no aeroporto de Recife
1978: Nasce o primeiro bebê de proveta
1985: Morre Carlos Galhardo, o cantor que dispensa adjetivos

A jovem Cláudia Lessin desapareceu após participar de uma das famosas festas excessivamente embaladas por bebidas e drogas, oferecidas pelo milionário Michel Frank em seu apartamento no Leblon. As investigações sobre o que realmente aconteceu desde a sua chegada à festa até a localização de seu corpo no dia seguinte, envolve inúmeras especulações e controversas versões. Houve muita resistência do crime ser amplamente divulgado na mídia: cogitou-se a sua morte por overdose, decorrente do uso abusivo de drogas, mas o exame toxicológico não detectou nenhum resíduo do tipo. A versão mais alinhada com os laudos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (que afirmaram que Cláudia fora morta na própria avenida, pois havia sangue sobre as pedras) levam a constatação de que ela fora vítima de violência sexual, e que, tentando se defender acabou silenciada por estrangulamento.

Contudo, o poder e as relações da família de Frank falaram mais alto, levando inclusive ao afastamento por meio de uma decisão publicada no boletim de Segurança Pública dos investigadores do caso. Cláudia Lessin foi mais uma vítima na lista de crime de violência cometidos contra a mulher.

Apontado como suspeito, Michel negou ter ligação com o crime. Posteriormente confessaria a um médico que vira a moça morrer de overdose e, descontrolado, tentara sumir com o corpo, jogando-o ao mar. Frank acabou fugindo para a Suíça, onde foi morto em 1989, sem nunca ter sido julgado pelo crime. Ele fora inocentado por falta de provas consistentes da Justiça brasileira.

A história de Cláudia Lessin Rodrigues foi levada às telas de cinema em 1979 dirigido por Miguel Borges.
O filme. Reprodução

Pode interessar também
Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher
Lindomar Castilho, símbolo de violência doméstica contra a mulher
A atriz Daniela Perez é assassinada

« anterior próximo »

Comentários


Comentários

simaowilson enviou em 12/12/2012 as 10:31:

A epoca o Michel negou o crime mas assumiu a responsabilidade pela morte por overdose da Claudia(até então sem intenção de matar), só que, inexperientes (havia um amigo) e azarões, foram mal "assessorados" pela fachineira que sugeriu dar um sumiço no corpo e assim tentaram fazer. Segundo consta, ele foi julgado na Suiça com essa versão. Que deu origem a uma piada, isso é descoberta, ao equipararem, os sistemas penitenciários brasileiro e suiço com infernos equvalentes.

Roberto Santiago Felipe enviou em 10/03/2013 as 15:23:

Até hoje quando eu revejo essa matéria do caso me dói o coração como tem pessoas que vem ao mundo para trazer mais desgraças as famílias por meio de uma droga chamada de DROGA como isso matão se dão conta da devastação foi embora na tenra flor da idade deixando seus amados pais e familiares também mortos vivos afogados nas lagrimas que saem do peito nunca me esquecerei do dia que passei ali e vi o seu corpo ser içado pelos bombeiros, e no nome da impunidade e sob o manto do dinheiro se acabou sem ter sido feito justiça, mas Deus não dorme a eternidade virá para todos e lá será verá que vai acontecer

roberto enviou em 20/08/2013 as 10:54:

acredito se passasse ter a pena de morte no brasil,quem sabe diminuiria coisas semelhantes,á acontecer nesse país.vide fera da penha,crime da sacopã e os crimes atuais brutais,hediondos que ano á ano acontecem.

roberto enviou em 20/08/2013 as 11:09:

desde muitas e muitas décadas atrás o brasil precisa sim,para todo e qualquer tipo de crime da: PENA DE MORTE.


Comentar

:

:
:



Hoje na História - Siga no Twitter!