Arquivo de June 2011

RSS Feeds

12 de junho de 2000 - O sequestro do ônibus 174

O sequestro do ônibus 174. Jornal do Brasil: Sexta-feira, 13 de junho de 2000.


Episódio marcante da crônica policial do Rio de Janeiro. Por mais de 4 horas, um ônibus da linha 174 (Central-Gávea) ficou detido no bairro do Jardim Botânico, com dez reféns, sob a mira de um revólver empunhado por Sandro Barbosa do Nascimento, 21 anos, vitíma da antiga Chacina da Candelária.

A cidade parou, e com a cobertura ao vivo da televisão, o mundo todo pode assistir ao drama, orquestrado por momentos continuados de tensão.

Ao decidir descer com a professora Geísa Firmo Gonçalves para sua proteção, o assaltante foi o abordado por um policial que acabou errando seu tiro, acertando a refém. Geísa acabou também levando outros tiros em seu peito, disparados por Sandro. Socorrida, a vítima foi levada para o Hospital Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos. O criminoso, aparentemente sem ferimentos, foi conduzido de camburão ao Hospital Souza Aguiar, onde já chegou morto. Sandro morreu asfixiado.

A vítima foi enterrada em Fortaleza, e seu enterro foi acompanhado por mais de 3.000 pessoas. Sandro foi enterrado no Rio, diante apenas da presença de uma tia.



A linha ainda existe, mas a numeração mudou para 158.

 Comentar

Hoje na História - Siga no Twitter!